Escrito por Sábado, 17 Junho 2017 Publicado em Notícias

*Por Celso Lopes de Souza

Colégios de vários estados brasileiros estão testemunhando a ebulição de uma nova febre. Os jovens estão fascinados pelos hand spinners (giradores de mão, em tradução livre). Trata-se de um aparelho com três extremidades, em que se impulsiona uma das pontas para girá-lo, enquanto outros dois dedos, em pinça, seguram o centro da peça. O divertimento das crianças vem de equilibrar o brinquedo em um dedo só - ou em outros lugares do corpo -, fazer manobras e piruetas. Ou, simplesmente, observar o movimento rotatório.

O hand spinner foi criado nos Estados Unidos, na década de 90, supostamente com o intuito de auxiliar na concentração e no relaxamento. O brinquedo chegou a ser recomendado para pessoas com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) ou até mesmo autismo. Em matéria para o site americano WTOP, a coach de TDAH Crista Hopp afirma que, “quando as mãos ou outra parte do corpo está em movimento, a pessoa consegue focar mais no que precisa fazer”. Mas o fato é que não há nenhum estudo científico que demonstre a eficácia do aparelho.

Escrito por Sexta, 16 Junho 2017 Publicado em Jornal A Praça

Organização Mundial da Saúde estima que 800 mil pessoas morrem por suicídio anualmente

Segundo levantamento da OMS, a depressão atinge cerca de 5,8% da população do Brasil, posicionando o país como o maior em quantidade de pessoas com a doença na América Latina. "Expressões como ‘sou chato’, ‘sou incompetente’, ‘serei infeliz até o final da minha vida’, nas quais a pessoa exterioriza uma visão negativa de si mesma, de sua experiência de vida e do futuro podem significar o início de um quadro de depressão,” explica Tatiane Paula Souza, psicóloga cadastrada na Doctoralia. A profissional traz algumas orientações e recomendações sobre esta que é uma das mais devastadoras doenças da modernidade.

O que diferencia a doença depressão de condições emocionais, como a tristeza?

A depressão normalmente se caracteriza por um sentimento de tristeza persistente que se reflete em sintomas físicos como alterações no sono, dificuldades na execução das tarefas cotidianas, falta de apetite ou compulsão alimentar, cansaço e falta de energia. Quando os sintomas se tornam crônicos, podem ocorrer também pensamentos suicidas e uso de substâncias psicoativas. Deprimidos também apresentam perda de interesse; atenção e concentração prejudicadas, autoestima reduzida e sentimento de culpa e inutilidade.

Uma pessoa com depressão pode se tratar apenas com o uso de medicamentos? Há tratamentos alternativos eficazes?

O diagnóstico correto da depressão deve ser realizado pelo médico psiquiatra que fará a prescrição do tratamento medicamentoso, ferramenta essencial para debelar os sintomas mais acentuados. Para tratar a doença é fundamental contar com um psicólogo especialista em saúde mental. As técnicas terapêuticas ajudam na modificação dos comportamentos prejudiciais permitindo que a pessoa consiga compreender o seu estado e, juntamente com seu psicólogo, busque estratégias de enfrentamento das situações de crise.

Quais os fatores mais comuns que podem fazer a pessoa ter depressão?

Escrito por Sexta, 16 Junho 2017 Publicado em Notícias

Victoria University of Wellington, classificada entre as melhores do mundo pela consultoria internacional Quacquarelli Symonds (QS), vai selecionar 35 pesquisadores de todas as áreas do conhecimento;

Inscrições são feitas via internet e estão abertas até 01 de julho.

Pesquisadores brasileiros têm até 01 de julho para se candidatarem a uma das 35 bolsas de doutorado oferecidas pela Victoria University of Wellington, fundada em 1889 e classificada entre as melhores do mundo no índice QS World University Rankings. A instituição, que tem campus localizado em Wellington, capital neozelandesa, e também nas cidades de Auckland e Palmerston North, dará isenção de taxas acadêmicas e ajuda de custo no valor de $23.500,00 dólares neozelandeses, anualmente, para 35 candidatos, que podem ser da Nova Zelândia ou de outros países.

Os interessados nas bolsas de estudo devem demonstrar excelência acadêmica e possuir diploma de graduação ou mestrado. Para aqueles que não têm o inglês como língua nativa, a universidade exige comprovação de proficiência no idioma, com pontuação satisfatória em exames internacionais como TOEFL e IELTS.

Para conferir todos os requisitos e se candidatar a uma bolsa de estudo, acesse: http://www.victoria.ac.nz/fgr/prospective-phds/how-to-apply

Escrito por Sexta, 16 Junho 2017 Publicado em Jornal A Praça

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na quinta-feira, 8, que é constitucional a aplicação de cotas raciais em concursos públicos. O entendimento da Corte valida uma lei de 2014 que obriga os órgãos públicos federais a reservarem 20% de suas vagas para negros. A regra é válida para os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário no âmbito federal. O relator do caso, ministro Luís Roberto Barroso, ressaltou que o entendimento pode ser seguido por órgãos municipais e estaduais, apesar de não ser obrigatório nestas esferas.

 

Escrito por Sábado, 10 Junho 2017 Publicado em Jornal A Praça

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 545/2015 prevê desconto de 50% no valor da inscrição de concursos públicos federais para quem doa sangue. Se aprovado, o projeto irá alterar o texto da Lei nº 1.075/1950, que dispõe sobre a doação voluntária de sangue. Atualmente, a proposta encontra-se na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que apresentou voto favorável, com uma emenda especificando que o desconto será dado a quem comprovar ter feito pelo menos três doações de sangue nos últimos 18 meses antes da publicação do edital do concurso. Qual a sua opinião sobre o projeto? Vote: http://bit.ly/PLC545-2015

 

Escrito por Sábado, 10 Junho 2017 Publicado em Jornal A Praça

Em tempos de fake news, cresce o número de iniciativas promovidas por veículos e entidades jornalísticas para atestar a veracidade de informações que circulam na internet. A atenção agora são os lançamentos de um curso e um concurso de fact-checking, ambos apoiados por importantes entidades internacionais, além de novas ferramentas disponíveis nessa disputa contra os boatos digitais.

 

Calendário

« Junho 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Sobre o Autor

  • José Roberto Duarte, iguatuense, professor do ensino básico, formado em Letras pela Universidade Estadual do…

Parceiros